quinta-feira, 30 de junho de 2011

Apesar do tamanho, eles pesam

2 comentários
Lembro-me de quando comecei a compartilhar a notícia da minha gravidez com os amigos, o filhote de uma amiga estava no 3º mês de idade e ela me alertou: “Deborah, nunca acostume o seu filho a dormir no colo. O meu está apenas com 3 meses e eu e o meu marido já estamos sofrendo com o peso. E se não damos colo é motivo de escândalo.” 

Eu e o meu marido trabalhamos isso desde as primeiras semanas do Davi. Iniciamos o processo de sono na poltrona de balanço e o colocamos no berço antes do bebê dormir, como os livros de pediatria costumam indicar. Durante o dia, o lugar do Davi é no bebê conforto. E assim virou o seu troninho, seu local preferido. Quando ele está assistindo aos DVDs dele, por exemplo, e o tiramos do bebê conforto para curtir um colinho, ele até reclama. Outro resultado que observamos com a nossa política de educação é a tranqüilidade do nosso pequeno. Volta e meia ele acorda e fica por um bom tempo quietinho no berço, curtindo o móbile ou o seu quartinho. Sem contar que esses detalhes que trouxeram calma ao dia a dia do Davizinho refletem também no comportamento social. 

Quem conhece o meu filhote fica impressionado como ele é calmo é não estranha nada e nem ninguém. No último fim de semana, por exemplo, fomos passar o feriado em Goiânia para o Davi conhecer a família do meu marido. Ele tagarelou e gargalhou com todos, o tempo todo.

Hoje o Davi já ultrapassou um saco de arroz (com mais de 5kg) e as nossas costas agradecem as medidas que adotamos desde o início.

Aos pais que têm dificuldades para disciplinar seus filhos, indico os livros “A encantadora de bebês”, “Seu filho no dia-a-dia” e “Filhos – Da gravidez aos 2 anos de idade”.

CURIOSIDADE: O bebê de 3 meses, 2ª semana – Quem é o bebê mais lindo do mundo? Se você colocar um espelho na frente do seu filho esta semana, vai ver um enorme sorriso. As crianças adoram se olhar no espelho, assim como olhar para você ou para o pai. Até por volta dos 6 meses, a face humana é a imagem preferida dos bebês. (Fonte: Baby Center)

terça-feira, 21 de junho de 2011

Vamos slingar?

0 comentários
Essa cultura primitiva de carregar o bebê junto ao corpo é uma delícia. Além de ser super prática à mamãe, o pimpolho sente-se mais seguro e protegido, pois fica envolvido no calor do corpo da mãe e no embalo do seu movimento, ouvindo as batidas do coração materno, como quando estava na barriga. 

Eu já tinha mencionado aqui antes que o Davi aprovou e amou! Slingamos todos os dias, no fim da tarde. E é impressionante o sucesso que faz, para todos no meio da rua. As pessoas ficam encantadas com a fofura que fica o bebê encolhidinho na redinha ou então se assustam, achando que o pequeno vai despencar lá de dentro.

Além dos benefícios explícitos que o sling oferece (contato com a mãe, beleza e praticidade), é um acessório super seguro e que dura bastante tempo. Se as costas da mãe agüentar, ele pode ser usado até 20kg, em média 3 anos da criança. Mas existem milhares de maneira para utilizar, o que pode facilitar quando o peso parece um problema. 

Em Brasília, as mamães encontram a peça no brechó Era Meu Agora É Seu, na 112 Norte. Lá vende apenas sling novo. Mas pode ser achado também nos brechó da Internet. Foi o que eu fiz, consegui o meu por meio do Orkut. Uma economia e tanto!

Para mais informações sobre o sling, acesse o site BabySlings. Lá, além de conhecer a fundo o acessório, também pode aprender a usá-lo.

CURIOSIDADE: O bebê de 3 meses – O bebê já tem força para levantar ligeiramente o tronco, apoiado nos cotovelos, quando está de bruços. Você vai notar nas próximas semanas que, com músculos mais fortes, ele vai conseguir levantar a cabeça e os ombros para olhar em volta. Deixe o bebê deitado de bruços por um tempinho, quando ele estiver acordado e disposto, para que pratique esta nova habilidade. (Fonte: Baby Center)

segunda-feira, 13 de junho de 2011

Garoto nota 10

3 comentários
Estou começando a gostar de vir a São Paulo. Cada vez volto para casa com notícias melhores. Hoje o Davizinho fez um ecocardiograma e teve consulta pediátrica. Mais uma vez o meu rapazinho deixou os médicos felizes, com o seu excelente quadro clínico. O coraçãozinho está uma maravilha, o ganho de peso continua ótimo (está com 4,610kg) e o seu crescimento também (57,5cm). E se continuar bem assim, a próxima cirurgia será somente aos 6 meses mesmo. A Dra Simone Pedra (na foto) ficou encantada com o Davi! É meu garoto nota 10!

Aproveitamos os espacinhos livres para visitar as médicas e enfermeiras que cuidaram do Davi durante a sua internação e alguns coleguinhas do HCor. O meu pimpolho fez o maior sucesso e ficou todo alegre quando soubemos que o seu amiguinho Enzo recebeu alta. O baixinho estava lá se preparando para finalmente conhecer a sua casinha, forte, lindo e de brinde, uma mãezona boba, minha amiga Carla.

Hoje também, o Davi tomou a segunda dose da palivizumabi. Quando eu digo que ele já é um rapazinho, não é coisa de mãe coruja! Ele praticamente nem chorou. Foi até engraçado. Pareceu que ele “esqueceu” a dor da picadinha e quando foi se lembrar, a agulha já estava saindo de sua perninha. Só deu uma choradinha básica de charme, nada de partir o coração, como o de costume. 

Agora estamos encarando o clima inconstante de Sampa. Não sabe se faz frio ou calor. Mas amanhã estaremos de volta em casa!

CURIOSIDADE: O bebê de 2 meses e 4 semanas – Os sons que o bebê emite nesta fase, como "ba-ba" e "dááá", são sinais de que está feliz. Essa espécie de pré-fala permite à criança brincar com os sons da mesma forma como brinca com os dedos ou com a mão. Mostre que você a ouve respondendo de volta; às vezes a troca vira uma conversa inteira! Aproveite para gravar esses momentos tão preciosos. (Fonte: Baby Center)

terça-feira, 7 de junho de 2011

Olhos atentos

1 comentários
“Cadê a mamãe???  Achouuu!!!”

Será que achou mesmo??? 

Os curiosos estudos oftalmológicos infantis revelam que até os 6 meses de idade, a visão do bebê é bem limitada. No primeiro mês, a visão deles só alcança cerca de 30cm. No segundo, o campo cresce mais 50cm, já começa a focar objetos e acompanhar movimentos. Aos 3 meses, as imagens tridimensionais já são captadas e é cada vez mais capaz de seguir objetos ou pessoas. Somente no quarto mês que o bebê consegue reconhecer pessoas, além de seus papais. E finalmente, aos 6 meses, estará enxergando praticamente como um adulto.

Isso tudo me chama a atenção devido o grau de observação do Davi. Beirando os 3 meses, é incrível como ele percebe quando entramos em um local novo, por exemplo, tudo chama muito a atenção dele. E isso não é de agora, ele sempre foi super observador! Sem contar quando o meu marido chega do trabalho, rapidinho aciona o radar do Davizinho e ele segue o papai por toda a casa com as suas bilocas azuis. Por essas e por outras questões fico meio com um pé atrás com certos estudos. De duas, uma, ou o meu filho é precoce, ou esses resultados científicos não são tão precisos. 

Deixando as dúvidas de lado, há alguns exercícios bem interessantes para estimular a visão do bebê.

1ª mês – Fale com o bebê de perto, para ele poder enxergá-la. Brinque com objetos redondos e de cores fortes.
2º mês – Faça caretas para que ele tente imitar. Um móbile no berço vai encantá-lo.
3º mês – Segure-o em pé no colo, para ele observar melhor a movimentação ao redor.
4º mês – Brinque de esconder o rosto e fazer aparecer novamente. Eles adoram.
5º mês – Coloque brinquedos perto e longe do seu filho, para ajudá-lo a ampliar o campo de visão.
6º mês – Estimule a curiosidade do bebê, deixando-o cercado por objetos coloridos e de texturas diferentes.
(Fonte: Crescer)

CURIOSIDADE: O bebê de 2 meses e 3 semanas – O bebê está super ocupado absorvendo imagens e sons ao seu redor. Estimule-o dando a ele objetos interessantes para segurar, como bichos de pelúcia, bolas de plástico ou um lenço de cetim. Fique só de olho no que o bebê põe na boca para que não haja risco de se sufocar. Isso é especialmente perigoso se você tiver filhos mais velhos, que podem querer dar coisas pequenas ao bebê. (Fonte: Baby Center)
 

Minha Vida em Semanas... Copyright 2008 All Rights Reserved Baby Blog Designed by Ipiet | All Image Presented by Tadpole's Notez