sexta-feira, 19 de setembro de 2014

A chegada de Alice

1 comentários
A caminho da maternidade

A minha princesa chegou, no dia 11 de setembro, com 39 semanas completas. Infelizmente eu não consegui realizar um dos meus sonhos, que era o parto normal. Mas realmente seria difícil e eu jamais colocaria em risco a saúde da minha filha. No dia anterior ao nascimento, fiz o último ultrassom e o meu líquido amniótico já estava muito baixo. Então, já marcamos a cesárea para o dia seguinte. 

A ansiedade de todos que me rodeiam se aflorou ainda mais, até à tarde daquela quinta-feira. Às 14h40, a Alice saiu da minha barriga, pesando 4,4kg e medindo 53cm, na maternidade do hospital Santa Helena. Um bebezão que deu trabalho para sair até por cesárea. 


A Alice é uma bebê supertranquila, só mama e dorme, praticamente nem chora. Uma bênção! Inclusive, surpreendeu-me no dia da vacina e para furar a orelha, chorou muito menos do que eu esperava.

AMAMENTAÇÃO

Ao contrário do que muita gente pensa, amamentar não é simplesmente um ato instintivo. Há uma série de variáveis que influenciam o início desta fase. Inclusive, o processo é totalmente diferente de um filho para o outro. Pelo menos comigo está sendo assim. 

Eu ainda estou vivendo o lado B da amamentação, bicos feridos e dor intensa, parece que a Alice tem dentes. Eu já conhecia esse lado da amamentação, mas com o Davi passou bem mais rápido. E com ele, acho que foi mais fácil, pois eu só recebi alta da maternidade quando eu e ele aprendemos exatamente como deveríamos fazer. Desta vez, eu estou produzindo muito leite, eu já até doei, pois o meu peito estava enchendo demais, o que dificultava a pegada da bebê.

No dia seguinte da nossa alta da maternidade, o meu peito estava quase explodindo. Então, fui ao banco de leite do HMIB (Hospital Materno Infantil de Brasília). Lá tem um atendimento excelente às mães e famílias. Fui auxiliada na ordenha, aprendi muitos macetes importantes para amamentar: as melhores formas de segurar o bebê, cuidados com os seios e a enfermeira que nos atendeu também ensinou a forma certa da pegada à Alice e ao meu marido, que é o nosso principal apoio nas horas das mamadas. Clique aqui para conhecer a forma correta de amamentar o bebê. 

Como os meus peitos estavam muito cheios, também aprendi as melhores formas de massageá-los para tirar o excesso de leite, antes de dar o peito à Alice.  Não chegaram a empedrar, mas estavam bastante duros. Segundo a enfermeira que me atendeu, o leite vira uma espécie de gelatina e obstrui os canais de saída, por isso fica difícil para o bebê mamar e o deixa extremamente irritado. Aprendi duas formas para massagear os peitos: fazendo círculos com as mãos fechadas, usando os ossos das mãos, sobre os blocos de leite mais duros; ou usando um massageador eletrônico. Clique aqui e veja como preparar a mama para a amamentação.

Agora estou cuidando dos bicos dos meus seios que machucaram bastante. Para isso, estou passando a pomada de lanolina Lansinoh, o óleo de girassol Dersani, o próprio leite e pegando sol nos peitos diariamente, de manhã (antes das 10h) e à tarde (após às 16h). O principal motivo que causa fissuras no peito é a pegada errada do bebê. 

RECUPERAÇÃO DA CESÁREA

Outra experiência que foi extremamente diferente entre os meus dois filhos. Quando ganhei o Davi a minha recuperação foi excelente, nem parecia que eu tinha sofrido uma cirurgia. Agora, foi bem mais difícil. Mas eu acredito que os cenários foram os grandes diferenciais. Como o Davi nasceu e foi direto para a UTI, eu não vivi a rotina materna inicial de cuidar do bebê, pegar no colo, amamentar. O repouso contribuiu muito para a minha recuperação. Agora, com a Alice, que realizei todas as tarefas de mamãe (com o maior prazer), eu senti mais os efeitos da cirurgia. Mas já estou bem e em uma semana eu já sumiram os 8kg que eu ganhei durante a gravidez. 

ALICE

Apresento a vocês a minha princesa linda:











sexta-feira, 5 de setembro de 2014

O cantinho da Alice

1 comentários
Reta final da gravidez e tudo pronto para a chegada da princesa. O cantinho dela já está transbordando amor aqui em casa. Brega, né?! Mas quem acompanhou todo o processo sabe como eu me dediquei a cada detalhe para fazer o melhor. E quando vi tudo pronto, como planejei, a emoção foi imensa.

Vou compartilhar toda a minha experiência da montagem do cantinho mais lindo da casa. 

Com muita paciência, disposição e uma enxurrada de amor, pesquisei bastante para conseguir fazer tudo como eu queria, com os pés no chão, para não fugir da minha realidade financeira. Há quem diga que o resultado ficou um luxo e a maioria das pessoas me pergunta quem foi a decoradora. Ora, foi a mãe da Alice! E o segredo, como eu já coloquei, foi pesquisar! 

O primeiro passo foi definir as cores. Para mim a regra do “menos é mais” se encaixa perfeitamente aqui. Não curto clichês (menina – rosa e menino – azul) e nem temas infantis. Então, pelo menos eu já sabia o que eu não queria. Fui traçando o “projeto” na minha cabeça e comecei a colocar em prática pelas paredes. O papel de parede eu queria algo provençal, mais ou menos com florais, com tons bem neutros - bege, pérola e dourado. Achei exatamente o que procurava na loja Art House (311 Sul). Além do papel de parede, queria usar tinta e faixas de gesso. Tudo isso encontrei na Leroy Merlin. A tinta escolhida foi a Coral Biscoito de Amêndoa, um tom de marrom.


Depois, precisava definir os móveis e suas disposições. Eu e o meu marido avaliamos bem o espaço que tínhamos para escolher o que teria no quarto da nossa filha. Como não somos pais de primeira viagem, a noção do que realmente iremos usar e será útil ajudou bastante. Então decidimos por berço, cômoda, cama babá e poltrona. O maior desafio dessa parte foi encontrar os modelos que eu gostaria. Sonhava com móveis de madeira, mas não achei nada como eu queria. Então, compramos o berço e a cômoda da linha Quater Victória, que têm detalhes em madeira. A poltrona foi reciclada, não desfiz a que usei com o Davi. Então, reformei com tecido marrom. E a cama babá, compramos uma cama box baú de solteiro e otimizamos bastante o espaço do quarto. 



Com o esqueleto do quarto pronto, foi a hora de escolher os detalhes finais. Mantive os tons neutros nas roupas de berço, cama e cortina. E os toques de menininha deixei para a decoração. 

A porta do quarto ganhou a delicadeza da guirlanda feita por Eliane Siqueiro e um medalhão com a oração do Santo Anjo que a Alice ganhou de presente de uma grande amiga da mamãe: 




Acima da cômoda, coloquei um cabideiro personalizado do Ateliê JúVê Festas. Nele, ficarão a saída de maternidade da Alice (comprada na feira da Torre) e um sapatinho vermelho do site Dinda


Para proteger a minha bebê dos pernilongos, coloquei o mosquiteiro com dossel, comprados no site Elo7:



Na parede de pedras, coloquei um porta retrato que eu já tinha com as fotos do nosso ensaio de gestante:


Acima da cama babá, coloquei dois nichos provençais do Toque de Arte MDF e duas bonecas de pano encomendadas na feira da Torre.


Para a cômoda, preparei uma bandeja de higiene provençal. Comprei a bandeja de MDF cru no Taguacenter e os meus pais pintaram e colocaram um espelho na base para dar um charme. Entre os produtos de higiene, coloquei uma minileiteira de fazendinha, para cotonetes, decorada com um laço vermelho de poá, e um cachepó com tulipas feitas por mim. Coloquei também uma escultura materna linda que ganhei de presente e deixei espaço para a moringuinha que será extremamente útil nas horas de amamentação:



Graças a Deus, não tive problemas com fornecedores.

E assim ficou o quartinho da Alice.


O que acharam?

Deixem comentários, sugestões, críticas ou dúvidas.

Beijos! 

CURIOSIDADE: 38ª semana – Sabemos que há muita coisa para preparar e que nessas horas às vezes surge um desejo louco de limpeza e organização, mas faça o máximo para descansar, porque vai ser sua última chance por algum tempo. Se você está trabalhando, fique atenta aos sinais do seu corpo, para ver se não é melhor diminuir o ritmo. Aproveite e passe bastante tempo com seu companheiro - afinal, logo vocês terão muito mais coisas com que se ocupar. (Fonte: Baby Center)
 

Minha Vida em Semanas... Copyright 2008 All Rights Reserved Baby Blog Designed by Ipiet | All Image Presented by Tadpole's Notez