quinta-feira, 11 de maio de 2017

FELIZ NOSSO DIA, MÃES!

2 comentários


Eu já ganhei os melhores presentes da vida: meus filhos, Davi e Alice;
Mas eu já sofri assédio moral por ser mãe;

Eu já me senti a melhor mãe do mundo para os dois;
Mas já fui desqualificada quando ambos apresentaram comportamentos inadequados aos impostos pela sociedade;

Eu já senti a imensidão do amor que só quem é mãe consegue entender;
Mas já me olharam torto quando eu falei que não amo o tempo todo;

Já me elogiaram por a minha filha ser linda, amorosa e educada;
Mas as condenações por eu ser a única culpada por comportamentos anormais também são frequentes; 

Eu sempre morro de saudade quando eu passo muito tempo longe da minha filha;
Mas a saudade já se esgotou em cinco minutos depois de encontrá-la naqueles dias de fúria;

Eu acredito que a melhor forma de educar é com diálogo e paciência;
Mas eu já gritei, quis chorar e sumir diante de certas situações;

Eu procuro ser a melhor mãe para ela desde antes dela nascer, quando eu realmente era a mãe perfeita;
Mas eu sei também que preciso errar, morder a língua e sentir na pele todas as dificuldades da maternidade para eu realmente aprender e alcançar o mínimo do meu objetivo;

Vira e mexe me acham uma mãe desnaturada, por eu estimular a independência da minha filha;
Mas eu também me pego julgando quem protege excessivamente  aos meus olhos;

Tem que ache um absurdo o meu jeito "errado" de colocar a minha filha de castigo, quando eu acho que ela merece, desde um ano de idade;
Mas existe certo ou errado? Ou é melhor cada mãe adotar as teorias que realmente sejam funcionais na prática de sua rotina?

Tem sempre alguém para me achar incapaz para alguma coisa;
Mas quando eu me vejo correndo contra o tempo para não perder o horário para buscar a minha filha na saída da aula, não perder as reuniões da escola, cumprir os compromissos diários e ainda ter fôlego para brincar, ficar feliz diante da minha filha e ainda driblar as manhas de normalmente surgem, virar a noite em claro quando ela adoece e ainda ter que levantar às 6h30, não consigo imaginar nada mais desafiador para eu enfrentar;

Eu já briguei com o meu pai para desembolsar grana para dar o presente mais caro para a minha mãe, pois ela sempre mereceu o melhor;
E hoje o meu sonho é ganhar um colar de macarrão feito pela minha baixinha;

Eu escuto com frequência as frases:
☀️: Bom dia, mamãe!
❤️: Mamãe, sabia que eu te amo muitão?!
💁: Que linda, mamãe! Você está linda!
🤗: Você é a minha fofuchinha, mamãe!
😜: Mamãe sapeca! (Com a risada mais gostosa do mundo)
💞: Colinho, mamãe!
💓: Eu sou a sua bebê! (Quando bate saudade de mamar no peito)
🥘: Deixa eu te ajudar a fazer o papá, mamãe? Por favor?!
💃: Vem dançar comigo, mamãe!
🎈: Vem brincar comigo, mamãe!
📚: Senta aqui para ler uma historinha para mim, mamãe!
🎡: Mamãe, quero ir pro parquinho!
🙏: Papai do céu, obrigada pela minha mamãe linda!
👑: Deixa eu brincar só mais um pouquinho? Por favor, mamãe?!
E eu só desejo que frases como essas soem para as outras mães com a mesma frequência divina que os ouvidos escutam;

O Dia das Mães sempre me emocionou, mesmo antes de eu ser uma;
E agora eu já choro ao escrever este texto, imagine quando eu assistir à apresentação da escola da minha filha!

A vocês, mães, desejo que sejam menos julgadas e mais amadas, ajudadas, acolhidas. Não é nada fácil esse cargo de MÃE, mas como vale a pena, não é?!

FELIZ NOSSO DIA, MÃES!
 

Minha Vida em Semanas... Copyright 2008 All Rights Reserved Baby Blog Designed by Ipiet | All Image Presented by Tadpole's Notez