quarta-feira, 22 de dezembro de 2010

Presente de Natal

14 comentários
Há três dias para o Natal, ganhei o presente mais esperado dos últimos meses, o nome do meu filhote!!! “Prazer, titios que sempre deixam recadinhos carinhosos e me enchem de mimos, eu sou o DAVI!”, anunciou o baby aos pulos na minha barriga.

UHUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUU!!!

Nesta madrugada o meu marido finalmente resolveu colocar um ponto final nessa novela que muitos estavam ansiosos para chegar ao último capítulo. Entramos num consenso, um nome que agradou nós dois e com um significado que tocasse a gente – Amado.

Agora nossas conversas diárias não terão mais aquela sensação desconfortante que eu  sentia por não poder chamar o meu filho pelo seu nome. Em plena 25ª semana de gestação, ninguém merece ficar limitado a chamar o neném de baby, principalmente eu, a mãe!

Veja-o vibrando no último ultrassom, com pose de “Uhuuuuuuuuuuuu!!!”. Parecia que já sabia que toda a nossa angústia estava chegando ao fim. Eh mãe boba, né? Sou mesmo!!! Kkkkkkk...

Davizinho com os bracinhos para cima

A todos, um Natal tão feliz quanto o nosso, cheio de luz, amor e muitas realizações!

CURIOSIDADE:
25ª semana – As mãos já abrem e fecham. Que legal! O corpo cresce mais que a cabeça: tronco e membros tornam-se proporcionais. Ainda tem pouca gordura. O bebê já percebe a luz. (Fonte: Guia do Bebê)

domingo, 12 de dezembro de 2010

24ª semana...

5 comentários
Segundo especialistas, na minha idade gestacional, o tato do bebê já está desenvolvido. Testei e comprovei! É incrível a sensibilidade. Quando faço carinho na minha barriga, ele sobe rapidinho para sentir a mamãe.  Coisinha maisi lindaaaa!!!

A partir de agora também, ele já é capaz de sobreviver fora do útero. Tudo bem que a mamãe está mega ansiosa para esmagar este pimpolho, mas não precisa ter tanta pressa para sair do calorzinho gostoso que deve ser dentro da barriga, né?!

Todas essas curiosidades estão no site BabyCenter.com. Vejam que legal:


Como mostrou o vídeo, o bebê gosta de sentir o próprio rosto e o cordão umbilical. No meu último ultrassom, na 21ª semana, o meu filho não parava de mexer no rostinho, coçava o queixinho, colocava a mãozinha na boca... E a cada gesto, a mamãe, boba, se derretia.

MAIS CURIOSIDADES: 24ª semana – O bebê ouve praticamente tudo e reconhece a voz da mamãe em diferentes tons. É aconselhável conversar com ele chamando-o pelo nome (se o meu marido me ajudasse nesta parte, ficaria muito feliz!).

Nesta fase de gestação, o pequeno já está bastante serelepe. Consegue dar cambalhotas dentro da barriga da mãe e dar chutes e socos fortes. (Fonte: Guia do Bebê)

quinta-feira, 9 de dezembro de 2010

Receita para ser uma boa mãe

5 comentários
É muito redundante dizer que o que mais quero é ser a melhor mãe do mundo, cultivar uma família unida e fazer com que os nossos dias sejam transbordados de felicidade? Falar, sonhar pode ser muito fácil para todos, mas quem disse que é impossível conquistar essas metas?

Nesta semana, saiu uma matéria super interessante no Correio Braziliense – “Mulher trabalhar fora não prejudica o desenvolvimento cognitivo dos filhos”. A reportagem relata experiências de mães, que mesmo após um dia árduo de trabalho, fazem questão de reservar um tempo para saber como foi o dia de seus filhos, acompanhar o desempenho escolar e, claro, encher seus pimpolhos de carinho, além de dar ótimas dicas para as mamães que buscam estar cada vez mais presentes na vida de seus pequenos.

Detalhes como conversar com os filhos e demonstrar interesse sobre seu dia a dia; ajudar nos deveres de casa;  aproveitar o fim de semana para sair e brincar; ligar para a criança para saber como ela está e o que ela está fazendo, durante o expediente, são tão pequenos, mas fazem uma diferença imensa. Não é preciso lançar pesquisas para provar que a presença da família na infância constrói adultos realizados. Isso é fato, basta observar os exemplos que existem ao seu lado.

Não dá para dizer que existe receita para ser uma boa mãe, mas que as teorias ajudam, ahhhh, e como ajudam!

Quem quiser ler a matéria na íntegra, acesse: http://migre.me/2PYah

CURIOSIDADE: Estou na 23ª semana – A parte interna do ouvido do bebê se consolida. Ainda magro e com a pele enrugada, o bebê já tem a aparência de quando nascer. (Fonte: Guia do Bebê)

sexta-feira, 26 de novembro de 2010

O meu sonho se chama...

14 comentários
... Eis o dilema! Antes de declarar guerra, deixa-me contar a maior notícia do dia: É MENINO!!! Como é emocionante assistir ao meu filho me mandando beijos, fazendo altas poses do tipo “eu sou superior”, coçando o queixinho e colocando a mãozinha linda na boca. Nem preciso comentar o quanto chorei, né?

Graças a Deus está tudo bem. Com 21 semanas e 5 dias, 27 cm de estatura e 530 gr.

Vejam como o meu filho é lindo:

Foto 1: Perfil do meu filhote
Foto2: Pose para foto
Foto 3: Pintinho (imagem imprópria para menores de 18 anos)


Agora, o que fazer quando não há o mínimo consenso entre o pai e a mãe para a definição do nome? A guerra está declarada, afinal ninguém merece Fábio Júnior/ II (sim, em algarismos romanos!)/ Filho. Será que só eu acho isso brega? Bom, acho que não. Mas está aberta a enquete: Qual o melhor nome para o bebê mais lindo do universo – Arthur ou uma das alternativas do pai?

P.S: "Obrigado, tia Robs, por todo o carinho! Sempre presente, até na hora de revelar aos papais que sou um hominho!", ressaltou o baby, aos pulos.

quarta-feira, 24 de novembro de 2010

Vou ser mamãe!!!

11 comentários
O maior sonho da minha vida se transformou em realidade há 21 semanas. Eu já imaginava que seria incrível a sensação de dizer “VOU SER MAMÃE!!!”, mas a realidade desta situação é infinitamente mais mágica do que a teoria que as mulheres que têm este desejo imaginam ser. 

Vou manter o tempo verbal no futuro do presente, no título deste post, mais por questões de costumes mesmo, pois para mim EU JÁ SOU MÃE. Afinal, existe outra definição para alguém que deixa de comer um chocolate irresistível pelo bem do seu baby; respira muito fundo, conta até 98754357, nos momentos tensos para evitar que o nervosismo atinja o baby; define que diariamente deve ter um momento "MEU BABY E EU" para conversarmos, ouvirmos músicas e curtir cada pulsada que chega a movimentar a barriga?

Estou iniciando nosso blog (meu e do meu baby) um pouco tarde. Mas, levando em consideração que a coisinha maisi linda da minha vida, que está chegando, resolveu dar o ar da graça em plena 14ª semana de vida, não estou tão atrasada assim, né?  Até porque, essas sete semanas voaram diante de tanta correria por causa de exames, consultas, cabeça nas nuvens, pés totalmente fora do chão e muita curtição para tentar recompensar o “tempo perdido” do início da gravidez.

Pode parecer clichê, mas sou a mulher mais feliz do mundo!!! Uhuuuuuuuuuuu!!! Espero conseguir compartilhar toda a minha felicidade e a diversidade de curiosidades que esta fase maravilhosa proporciona para todos que têm o privilégio de viver.

Vamos aproveitar a oportunidade para agradecer ao papai, aos vovôs e aos titios corujas que Papai do Céu escolheu tão bem para nós. São em momentos tão marcantes como este que o valor de cada um fica explícito aos nossos olhos e corações. Por mais simplório que seja o nosso agradecimento com apenas a palavra “OBRIGADA”, sintam-se esmagados de coração, pois a gratidão será eterna!

Bjãozãooooo!!!
 

Minha Vida em Semanas... Copyright 2008 All Rights Reserved Baby Blog Designed by Ipiet | All Image Presented by Tadpole's Notez