segunda-feira, 28 de março de 2011

Primeiros passos antes de aprender a andar

11 comentários
Cada dia que passa o nosso pequeno nos traz mais alegria! Hoje, aos 11 dias, o Davizinho recebeu alta da UTI. Para nós, que só queremos vê-lo longe do hospital, mostrá-lo para todo mundo, parece uma eternidade. Mas, se for parar para analisar, depois de uma cirurgia delicada, cateterismo, já engordou mais de 350g e aceitou muito bem o leitinho da mamãe, apesar de ainda não estar mamando no peito. Já está recebendo 40 ml de leite, a cada 3 horas. Não há definição que não seja ligada à força, à garra para esse molequinho. Por volta das 13h, minha alegria subiu mais uma escala. Meu filhote finalmente chegou ao quarto e logo, logo estaremos nos despedindo do hospital.

Para os ansiosos de plantão, ainda não tem previsão. Mas diante de tudo que tenho visto nas últimas semanas no Hospital do Coração, fico muito feliz com a rápida evolução do Davi. Aliás, tem surpreendido até os médicos!

Apesar de ser uma experiência bem difícil, ficar longe do meu filho, poder vê-lo por curtos períodos de tempo, acompanhar complicações de outras crianças, vamos carregar uma bagagem repleta de lições e valores para a nossa vida. 

Na semana passada fiquei muito feliz com a colaboração que o meu blog deu a uma mãezinha. A Renata, do Rio de Janeiro, está na 37ª semanas de gestação e o bebê dela, o Iago, também tem hipoplasia na válvula esquerda. Por meio de pesquisas sobre o assunto, ela encontrou o meu blog e entrou em contato comigo. A Renata só conseguiu ter o diagnóstico do Iago na 33ª semana, praticamente na reta final. Quando ela me mandou mensagem, fiquei até preocupada, pois, como o Davi, o bebê dela não pode nascer sem a equipe de cardiologistas preparada. Tudo tem que ser muito bem programado. Então, para compensar o tempo perdido, na semana passada foi uma correria para ela resolver tudo e conseguir entrar no programa filantrópico, Mãe Paulistana, para cobrir o tratamento. Graças a Deus, tem dado tudo certo. Nos conhecemos, e provavelmente na próxima semana o Iago irá nascer e fazer parte dessas ferinhas guerreiras do HCor.

Por favor, continuem com as orações. Mesmo com a força que o Davizinho tem, sabemos que o grande responsável por todas essas vitórias é o nosso Senhor.

Obrigada a todos pelas correntes de fé!

Bjãozão!!!

domingo, 20 de março de 2011

Minha vida em momentos de alegria

14 comentários
Agora os registros semanais na minha vida passarão a ser momentâneos. Afinal, o dia a dia com um bebê, com certeza será cheio de novidades. 

Desde quinta-feira (17), o dia mais mágico da minha vida, o que mais ouço é: a ficha já caiu de que VOCÊ É MAMÃE??? A resposta é SIMMMM!!! E cada dia a sensação é mais maravilhosa. 

Meu principezinho nasceu,  às 10h32, com 48 cm 2,940 kg. Vou tentar descrever a loucura de sentimentos que rola antes, durante e depois do parto. A gente já chega no hospital com a emoção a mil. Quando fomos para o quarto, a enfermeira ligou um aparelho na minha barriga o qual nos mostrava os batimentos do coraçãozinho do Davi e seus movimentos. Se ele mexesse o dedinho mindinho, o aparelho registrava. Coisa mais linda!Depois de uma série de exames   chegou a maca para me encaminharem à sala de cirurgia. Nessa hora o nervosismo bateu forte. Não consegui me controlar e caí no choro. Uma salada de frutas de medo, ansiedade, felicidade, insegurança...

Chegando à sala cirúrgica, a equipe maravilhosa me recebeu no maior alto astral do mundo. A insegurança foi embora à francesa. Fui anestesiada, bloquearam minha visão, meu maridão nervosíssimo atrás de mim e a equipe conversando em clima de happy hour. De repente um choro forte interrompe a conversa dos médicos. Era o Davizinho!!! A emoção é indescritível. Eu tentava vê-lo por todos os buraquinhos que encontrava entre o pano e qualquer outra coisa que atrapalhasse a minha visão. Não conseguia esperar limpá-lo, pesá-lo para só então levarem para eu ver. Ah, e o Davi já chegou fazendo arte! Durante a limpeza o pediatra grita: “safado, fez xixi na minha cara!” kkkkkkkkkkkkkk... Não tem momento mais emocionando do que quando o médico diz: “Mamãe, esse é o Davi!” e o coloca na minha frente para eu beijá-lo. 

Ai, é uma felicidade sem tamanho! Queria gritar para o mundo que o meu pimpolho nasceu, tentar extravasar a alegria que me dominava... A primeira coisa que fiz quando voltei pro quarto foi publicar as fotos do nascimento no Face Book. A agilidade até surpreendeu alguns. Rs...

Como já tinha comentado aqui, o Davizinho saiu da sala de cirurgia e foi direto para a UTI para avaliação médica. No mesmo dia do nascimento, à noite, quando fui liberada para visitá-lo, ele abriu os olhões azuis para mim. Coisa mais linda do mundo! 

Na sexta-feira (18), foi realizada a cirurgia no coraçãozinho dele.  Mas antes, peguei  o meu pequeno no colo pela primeira vez! A cirurgia foi bem sucedida, o Davizinho se manteve estável durante todo o procedimento. A primeira noite pós-cirúrgica que foi um pouquinho complicada, pois a pressão dele caiu um pouco, mas nada alarmante, tudo dentro do esperado. Graças a Deus no sábado (19) tudo começou a caminhar bem. As respostas positivas começaram a aparecer. Hoje, tudo ficou melhor ainda. O Davizinho acordou. Que alegria! Na primeira visita que fiz pela manhã, ele já abriu os olhinhos para mim. Passou o dia muito bem e na última visita do dia ele passou a metade do tempo acordadinho, olhando a mamãe e a vovó Ray bobas, a La “Olha quem está falando”. Rs...

Mais uma vez, muito obrigada pela força de todos que acompanham o blog. Cada dia descubro mais pessoas que acessam e estão fortalecendo as correntes de fé. Com certeza, cada degrauzinho de vitória que estamos subindo é graças ao nosso Pai e às energias positivas da gente!

Agora, a pergunta que não quer calar: O Davizinho puxou quem - o papai ou a mamãe?

Bjãozão!!!

terça-feira, 15 de março de 2011

Contagem regressiva!

12 comentários

Finalmente temos a data certa! O Davizinho chegará em menos de dois dias, nesta quinta-feira (17). Não preciso nem comentar o quanto estou nervosa, né? Irei me internar às 7h da manhã e o parto deverá ser às 9h.

Agora, na reta final, é hora de rever se está tudo ok para levar à maternidade. Vamos a mais uma listinha.

Mala da mamãe:
- 2 camisolas abertas na frente
- 2 robes confortáveis
- 3 sutiãs apropriados para amamentar
- 8 calcinhas
- 1 chinelo
- 1 pacote de absorventes de seio ou gaze protetora do mamilo
- 1 pacote de absorventes higiênicos
- escova de cabelo, secador e chapinha.
- escova de dente e creme dental
- kit de maquiagem básica (já pensou  nas primeiras fotos como o bebê?)
- sabonete, shampoo, desodorante e creme hidratante
- câmera fotográfica (não se esqueça de levar o carregador)
 - filmadora
- celular e  carregador
- telefones de parentes e amigos
- caneta e caderno de anotações
- carteira de identidade, documentos do plano de saúde e exames
- óculos de grau
- computador e carregador

Mala do bebê:
- 6 macacões para recém nascido
- 3 bodies (ou pagãos com calças tipo culote ou mijãozinho  para recém nascido)
- 2 casaquinhos
- 1 conjunto da roupa para sair da maternidade
- 2 mantas ou xales
- 3 pares de meias RN (recém nascido)
- 1 par de sapatinhos de malha ou plush, caso o macacão  não tenha pé.
- 3 pares de luvas de malha (mesmo no verão, para o bebê  não se arranhar)
- 4 fraldas ou paninhos de boca e para amamentar
- 1 touca de malha ou tricot
- 1 enfeite da porta
- lembrancinhas
- álbum de recordações

Ai, me desejem sorte! E continuem fortes nas orações!

Muito obrigada a todos pelo carinho.

Bjãozão!!!

CURIOSIDADE: 37ª semana – Agora não há grandes mudanças, o bebê cresce e ganha peso. Ele está maduro e pode nascer a qualquer momento, principalmente a partir do fim dessa semana. O bebê já está na posição que irá nascer, fazendo o médico decidir se vai ser parto normal ou cesárea. (Fonte: Guia do Bebê)

sexta-feira, 11 de março de 2011

9 meses de glamour

5 comentários
Enfim, cheguei aos 9 meses. O nervosismo está me perturbando, mas a ansiedade de ver a carinha do meu baby é infinitamente maior. E para aumentar a minha agonia, a médica adiou o nascimento do Davizinho, teremos que esperar mais dois ou três dias. Só na semana que vem saberemos o dia certo. Está sendo praticamente uma cesárea com emoção de normal!

Atendendo a pedidos insistentes da minha amiga Amandita, hoje vou falar um pouco sobre moda gestante. Desde antes de eu começar com o blog, ela me dizia: “Debinha, você deveria fazer um blog sobre grávidas fashions”.  Ela levantou o meu ego diariamente, durante os meus cinco meses de gravidez (desde quando descobri o Davi), bombardeando-me de elogios, dizendo que sou uma grávida muito chique, que o meu bebê é diet e tal. Fiquei com medo de ser prepotente, afinal não é fácil falar de si mesma.


Para muitas mulheres gravidez é sinônimo de “embarangar”, desleixar e deixar se dominar pelo inchaço que a transformação biológica pode proporcionar. Mero engano. Em primeiro lugar, gravidez não é um ponto de partida para podermos devorar todas as coisas do mal durante nove meses, sem se preocupar com as curvas femininas. A preocupação deve ser outra, a sua saúde e principalmente a do baby. Não sei se foi porque eu consegui curtir tão bem a minha “curta” gravidez, que tirei isso de letra fácil. No total, engordei 9 kg. O inchaço só dominou os meus pés, que quebrou todo o meu glamour com a maldita meia Kendall. Fiquei estilo vovó Mafalda, mas aliviou bastante o peso das minhas pernas.


Quanto às roupas, tive sorte de engravidar durante uma fase em que as roupas larguinhas estão em alta na moda e as sapatilhas são uma febre. Não precisei comprar praticamente nada direcionada especificamente a gestantes. No final, saí ganhando, pois além de economizar horrores, já que roupas de gestantes são sempre muito caras, conseguirei usar praticamente o meu guarda-roupa todo depois da gravidez. 


Eu garanto que a parte tensa do vestuário de uma grávidinha pode ser facilmente camuflada por baixo dos modelitos lindos que podemos encontrar. Afinal, é difícil conseguir fugir das malditas calçolonas para segurar a barriga, dos terríveis sutiãs de amamentação e da medonha meia Kendall.

Segue um link bem legal sobre dicas de moda para gestante. Clique aqui!

CURIOSIDADE: 36ª semana – Ao se mexer, espreguiçar ou trocar de posição, o bebê, conseqüentemente, desalinhará a barriga da mamãe. Nessas situações, será possível identificar o bracinho ou então a perninha. O bebezinho começa a diferenciar que ao dia a movimentação da mamãe é mais intensa que à noite. (Fonte: Guia do Bebê)
 

Minha Vida em Semanas... Copyright 2008 All Rights Reserved Baby Blog Designed by Ipiet | All Image Presented by Tadpole's Notez